UTE PAMPA SUL

Qualificação de nível pós-técnico para atuação em termelétricas é oferecida

Estão sendo oferecidas 20 vagas para o curso Eletromecânico de Manutenção e 30 para Operador de Processos de Geração de Energia Elétrica

Os cursos visam atender as demandas futuras da operação e da manutenção da UTE Pampa Sul, que deverá entrar em operação comercial em janeiro de 2019

Os cursos visam atender as demandas futuras da operação e da manutenção da UTE Pampa Sul, que deverá entrar em operação comercial em janeiro de 2019 Foto: Arquivo TP

Até 4 de agosto estarão abertas as inscrições para duas novas turmas de qualificação dos cursos pós-técnicos voltados à formação de mão de obra especializada na manutenção e operação de termelétricas. As capacitações estão sendo oferecidas através de uma parceria entre a Engiel, que está construindo em Candiota a Usina Termelétrica Pampa Sul (Miroel Wolowski), e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS). Os interessados em concorrer a uma das 50 vagas, sendo 20 para o curso de Eletromecânico de Manutenção e 30 para o curso de Operador de Processos de Geração de Energia Elétrica, devem ter idade mínima de 18 anos e curso técnico de nível médio concluído ou em fase de conclusão.

Cada curso terá duração de 800 horas/aula, distribuídas em dois semestres, no período noturno, com aulas de segunda a sexta-feira, em Bagé. Os alunos selecionados receberão, durante a formação, auxílio-transporte, seguro de vida e auxílio-alimentação. Após o período teórico do curso, os melhores alunos terão a possibilidade de realizar estágios remunerados nas usinas termelétricas da Engie. “Os cursos objetivam a qualificação da mão de obra regional, atendendo as demandas futuras da operação e da manutenção da UTE Pampa Sul e contam com um currículo estruturado, de forma a proporcionar aos alunos conhecimentos básicos em matemática, química e termodinâmica, além de preparar para as demandas de conhecimento em uma usina térmica, com disciplinas de geração de energia, instrumentação industrial, meio ambiente, combustíveis e combustão, máquinas elétricas, controle de processos industriais e visão institucional”, explica o gerente socioambiental da UTE Pampa Sul, Hugo Roger Stamm.

Os interessados devem se inscrever na agência do Senai-RS em Bagé. No dia 6 de agosto, às 9h, será realizada uma prova de seleção. A previsão é que as aulas iniciem no dia 22 de agosto. Informações ou esclarecimentos de dúvidas podem ser obtidos pelo telefone (53) 3211-0510 ou e-mail [email protected]

FORMATURA PRIMEIRAS TURMAS – Na sexta-feira, 29, acontecerá a formatura das duas primeiras turmas, com 40 formandos, sendo 24 do curso de “Processos de Geração de Energia” e 16 do curso de “Eletromecânico de Manutenção”. Desses, 25 alunos foram selecionados para estagiarem na Usina Termelétrica Charqueadas (UTCH). O estágio terá duração de 12 meses, com previsão de inicio em 15 de agosto. “As atividades desenvolvidas pelas primeiras turmas dos cursos foram consideradas um sucesso até o momento. Agora com o início dos estágios nas usinas do Grupo Engie, os alunos selecionados poderão colocar em prática todo o seu aprendizado teórico obtido. Algumas dificuldades, como a falta de conhecimento sobre processos desenvolvidos em usinas termelétricas de geração de energia, foram superadas por estudos específicos, trabalhos práticos, análises de ocorrências reais das usinas e, principalmente, por uma visita na Usina de Charqueadas, quando os alunos tiveram o contato entre o aprendizado e o ambiente industrial. Aqueles alunos que não foram selecionados para os estágios também estão aptos a atuarem no mercado, considerando o currículo ministrado durante a fase teórica dos cursos”, destaca Renato Schmidt Barbosa, gerente regional Rio Grande do Sul e da Usina Termelétrica Charqueadas (UTCH).

Os cursos são realizados através de convênio entre a Engie e o Senai-RS, com docente formado por instrutores do Senai-RS, coordenados pelo professor Muller, técnicos, operadores e engenheiros da UTCH, coordenados por Salésio Vieira, além de participantes da Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (Eletrobras CGTEE).

Comentários do Facebook